sexta-feira, 21 de abril de 2017

* " Mães da Bíblia"

Resultado de imagem para para a mamãe

Jogral

Hino de Fundo sugerido: 
"CASA DE BÊNÇÃO" - EYSHLA
Dirigente:
Maio é o mês do lar! Durante estes dias nossa atenção está voltada para a família, para o lar onde vivemos. Todos os dias em amor para com os nossos pais, irmãos, filhos e esposo. Para que um lar seja feliz é preciso que Cristo viva, no coração de todos os seus componentes. É necessário que a Palavra de Deus seja lida e seus ensinos preciosos sejam observados.
Hoje abriremos a Bíblia e veremos algumas mães ensinando-nos lições importantes para nossos lares.
Narrador: Eva, a primeira mãe do mundo. E disse o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só. Far-lhe-ei uma companheira. Então o Senhor fez cair um sono pesado sobre Adão. E este adormeceu. E tomou uma de suas costelas e serrou a carne em seu lugar, formando a mulher.
Eva:
Quando meus olhos se abriram pela primeira vez contemplei o mundo.Senti o peso que sobre mim caía. A mim foi dada a responsabilidade de trazer vidas ao mundo. O Senhor me deu dois filhos, Caim e Abel, eduquei-os nos caminhos do Senhor. Porém, simplesmente Caim procedeu de maneira inversa, razão do seu erro, do seu pecado. Alegro-me, no entanto, que o Senhor se lembrou de mim e me deu Sete. Então eu a primeira mãe do mundo. Orgulhei-me de ser mãe.
Narrador: Joquebede! Esta educou seu seu filho filho no caminho andar.
Joquebede:
Quando fui obrigada a lançar meu filho nas águas, não compreendia, a princípio, porque tinha que fazê-lo. Mas Deus tinha um propósito para ele. O Senhor sempre esteve com ele. Graças a Deus fui mãe de Mosés!
Narrador: Eunice transmitiu fé para seu filho.
Eunice:
Eu agradeço ao Senhor por ter recebido de minha mãe a fé que me sustenta. Fiz o possível para transmiti-la a meu filho Timóteo.
Narrador: Agar suportou a dor e a rejeição.
Agar:
Fui rejeitada pelo homem, porém Deus com seu amor tão precioso contemplou o clamor de meu filho Ismael e estendeu para nós a promessa de uma grande nação.
Narrador: Sara, um sorriso que desabrochou com a geração do filho prometido.
Sara:
Como pude duvidar da promessa de Deus? É verdade que todas as circunstâncias eram desfavoráveis. Mas a promessa de Deus não pesa as circunstâncias. Se Ele prometeu, pode esperar que Ele cumpre!
Narrador: A Cananeia atravessou fronteiras em socorro da filha aflita.
A Cananéia:
Como é bom conhecer um Deus que atende ao clamor dos necessitados. Minha filha está curada. Devo isso a Jesus.
Narrador: Isabel alegrou-s em ser mãe. A mulher sábia edifica sua casa.
Isabel:
Meu coração era triste. Tinha um esposo que me amava, mas não tínhamos filhos. Procuramos viver diante de Deus. Certo dia fomos visitados pelo anjo do Senhor e nos foi dada a graça de sermos pais de João Batista.
Narrador: Ana aprendeu a levar seu problema a Deus.
Ana:
Eu não possuía filhos e isso me fazia sofrer muito. Muitas vezes meu esposo perguntava: Ana, porque choras? Não te sou melhor do que 10 filhos? Nada me consolava. Levei meus problemas a Deus e ele me atendeu, dando-me o filho que tanto desejei. Sou mãe de Samuel.
Narrador: Maria compreendeu o plano de Deus para seu filho.
Maria:
Senti sobre mim a grande responsabilidade de guardar em meu ventre o Filho de Deus, de ser a mãe terrena de Jesus Cristo, aquele que veio para trazer Salvação a todo que nele crê, inclusive a mim.
Dirigente:
Acabamos de assistir um desfile de mães que a Bíblia tornou famosas. Suas experiências são úteis para as mães de hoje. A pureza do corpo, da mente e do espírito são importantes para a missão principal da mulher. A mãe precisa aprender a depender de Deus e ter comunhão permanente com Ele. Precisa reconhecer suas limitações e sempre manter a convicção que Deus está a seu lado, em todos os momentos, seja no Lar ou fora dele.
Tia Meirinha

Nenhum comentário:

Postar um comentário